segunda-feira, 13 de maio de 2019

NÃO PERCA A ESPERANÇA


          VENHA OUVIR A PALAVRA DE DEUS!
"Conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará" - Jesus

CENTRO COMUNITÁRIO CRISTÃO
Igreja Evangélica
Centro Comercial Londres, sala AC155 (1º andar) 


Senhora da Hora
Reuniões públicas todos os Domingos às 19H00 

sábado, 20 de abril de 2019

A MENSAGEM DA CRUZ

CRUCIFICADO PELOS HOMENS, MAS CASTIGADO POR DEUS PARA NOSSA SALVAÇÃO

Há cerca de 2 mil anos um homem foi crucificado como um criminoso numa cruz, fora da cidade de Jerusalém. Incriminado, mas não culpado. Seu nome: Jesus, o Messias (o Cristo).
Apesar de ter vivido uma vida perfeita, ajudando milhares de pessoas e não prejudicando ninguém, Ele foi rejeitado pelo Seu próprio povo.
A resposta dos homens ao Seu amor foi a morte. E morte de cruz, a pior na época.

Como é que Se portou o crucificado?
Ele suportou com paciência a humilhação e a dor terrível da crucificação. Em vez de lutar ou ameaçar, Ele rogou: "Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem" (Lucas 23:34)
O Seu amor era mais forte do que o ódio dos homens.

Três horas de terrível julgamento
Quando Jesus Cristo, o Filho de Deus, estava pregado à cruz, o céu escureceu terrível e repentinamente. Durante as 3 horas de trevas, Ele estava sendo julgado em nosso lugar, pagando por completo e para sempre o preço da nossa salvação.
É por isso que um dos Seus últimos brados na cruz foi: "Deus Meu, Deus Meu, por que Me desamparaste?" (Mateus 27:46). Um grito de dor, de angústia e de sofrimento pelo desamparo sentido naquela hora em que sozinho suportou sobre Si mesmo todo o juízo de Deus Pai por causa dos pecados de toda a humanidade.

"Está consumado!"
Ao fim destas 3 horas de indizível sofrimento, o Filho de Deus entregou-Se ao Pai e declarou a  perfeição e plenitude da Sua obra de amor: "Está consumado!" A palavra original significa algo que se realizou por completo, uma obra perfeita e completa!
A morte de Cristo foi a nossa libertação da condenação! Podemos dizer que Ele morreu para "matar" os nossos pecados, libertando-nos assim de uma condenação eterna merecida por todas as nossas transgressões. Se Ele não tivesse dado a Sua vida naquela cruz, estaríamos perdidos para sempre!

Ressuscitou!
Mas, tal como havia sido anunciado pelos antigos profetas, Ele não experimentaria a corrupção. Ao terceiro dia, Ele ressuscitou pelo Seu próprio poder, saindo daquele túmulo e abrindo para todos nós uma porta de esperança e de possibilidade de salvação!
Ao ressuscitar, Jesus venceu a morte e o poder do inimigo, Satanás. E agora Ele vive para sempre!

Jesus morreu por ti!
"Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o Justo pelos injustos, para levar-nos a Deus" (1 Pedro 3:18).

O que tens a fazer agora:
"Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo!" (Actos 16:31).
"Arrependei-vos, e crede no Evangelho" (Marcos 1:15).
A mensagem da cruz fala do amor imensurável de Deus. Jesus Cristo deu a Sua vida em sacrifício perfeito e completo para salvar os pecadores do juízo eterno. Então, perante tal graça e amor, resta a cada um de nós admitir que a sua vida é má e imperfeita diante de Deus (confissão), acreditar que Jesus pagou a nossa dívida espiritual na cruz (redenção), e a partir daí receber o perdão garantido de Deus! Quando o fazemos com sinceridade, Ele promete livrar-nos do peso do pecado e oferece-nos uma nova vida, a vida eterna!

Uma oferta gratuita!
Esta oferta gratuita da parte de Deus aplica-se também a ti! O Senhor Jesus morreu na cruz por ti também, e agora mesmo convida-te a creres n'Ele e na Sua perfeita obra de salvação.


                                          Mas...cuidado!
Jesus Cristo é o Salvador, mas também é o justo Juíz! Para nos perdoar (justificar), Ele teve de carregar sobre Si todas as nossas culpas. Deus exigia o completo pagamento e expiação dos nossos pecados, ou seja: alguém tinha de ser castigado, alguém tinha de pagar o preço dos mesmos.
Aquilo que Jesus realizou na cruz foi exactamente pagar todo esse incontável preço por nós, para que não tivéssemos mais que o pagar, ainda que de nada adiantaria tentar fazê-lo:
"Agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus" (Romanos 8:1).
Contudo, aqueles que rejeitam ou não fazem caso de Jesus Cristo e da Sua obra de redenção permanecem carregados com o peso de todos os seus pecados, ou seja, condenados!
Após a morte física, Deus condenará para o inferno e sem retorno todos aqueles que, ainda em vida, não se tiverem arrependido dos seus pecados:
"Quem crê n'Ele não é condenado; mas quem não crê já está condenado" (João 3:18).

Uma decisão crucial
A mensagem da cruz coloca-te diante de uma decisão crucial e de suprema importância:
Recebe Jesus Cristo como teu Salvador, ou terás de encontrá-lo como teu juíz!
"Deus amou o mundo (a humanidade) de tal maneira, que deu o Seu Filho unigénito, para que todo aquele que n'Ele crê não se perca, mas tenha a vida eterna" (João 3:16).




                 VENHA OUVIR A PALAVRA DE DEUS!
"Conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará" - Jesus

CENTRO COMUNITÁRIO CRISTÃO
Igreja Evangélica
Centro Comercial Londres, sala AC155 (1º andar) 


Senhora da Hora
Reuniões públicas todos os Domingos às 19H00 

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

VOCÊ VALE MUITO PARA DEUS!

Sabia que na pele humana existem terminações nervosas "especializadas" em cinco sensações diferentes: tacto, calor, frio, pressão e dor? Sabia que isso faz da pele o mais completo entre os órgãos dos sentidos?
Nas partes mais sensíveis, como na ponta dos dedos e nos lábios, chegam a existir duas mil terminações nervosas por centímetro quadrado!
Isto só prova o quanto a criação de Deus é admirável!

E NÓS?
Jesus, o Criador, visitou-nos há 2 mil anos e ensinou que você e eu temos muito valor para Deus!
Foi o próprio Jesus que afirmou: "Porventura não valeis vós muito mais do que os passarinhos?" - Bíblia, S. Mateus 6:26
E isto apesar da tragédia provocada pelo primeiro casal (Adão e Eva) e que arruinou por consequência toda a humanidade. Sim, esse acto terrível de desobediência - a que a Bíblia chama de pecado - trouxe a ruína espiritual e física a todos nós. Ninguém escapa!

A RESTAURAÇÃO É PARA TODOS NÓS!
Mas, tal como através de "uma só ofensa de um só homem" veio a condenação sobre todos os homens, é através de "um acto de justiça que veio a graça sobre todos os homens, para a justificação, que dá vida." - Bíblia, Romanos 5:18. 
Através da Sua morte, o Filho de Deus, Jesus Cristo, trouxe o perdão aos homens, a vida eterna e a restauração de cada um daqueles que com sinceridade se arrepende dos seus pecados e se volta contrito para Deus, pedindo-Lhe o perdão dos seus pecados e a experiência única da salvação.
Só através de Cristo isto é possível! Tudo Ele fez para que tal pudesse ser realizado a nosso favor!
"Porque, como pela desobediência de um só homem (Adão) muitos se tornaram pecadores, assim também por meio da obediência de um só (Jesus Cristo) muitos se tornarão justos" - Bíblia, Romanos 5:19.

RESTAURAÇÃO TOTAL E ETERNA!
Aqueles que se voltam de coração para Deus, arrependidos dos seus pecados e convertendo-se a Ele participarão desta maravilhosa restauração produzida pelo próprio Deus!
Para que tal possa acontecer na sua vida, é necessário que você confie em Jesus como seu Salvador, o Único capaz de perdoar os seus pecados e livrá-lo da condenação eterna, entregando-Lhe o seu coração, para que Ele realize na sua vida a gloriosa experiência da restauração e dádiva da vida eterna, hoje mesmo, e para sempre!


                 VENHA OUVIR A PALAVRA DE DEUS!
"Conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará" - Jesus

CENTRO COMUNITÁRIO CRISTÃO
Igreja Evangélica
Centro Comercial Londres, sala AC155 (1º andar) 


Senhora da Hora
Reuniões públicas todos os Domingos às 19H00 

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

O CRUEL JOGO DA VIDA

A vida é um jogo. Por vezes cruel. A recente tragédia de um incêndio que ceifou 9 vidas e causou dezenas de feridos num associação recreativa onde muitas pessoas se concentravam para participar numa competição de jogos de cartas e assistir a um importante jogo de futebol ensombrou ainda mais a triste realidade vivida no nosso país nestes últimos meses.
A ironia da tragédia é que as vítimas deste cruel incêndio eram participantes activas ou passivas da fugaz competição que tanto emociona e atrai a atenção dos homens, seja na forma de um mero jogo de cartas ou uma intensa partida de futebol.
Nesta tragédia tão dolorosa, o jogo competitivo atraiu-as, mas o jogo da vida traiu-as. Todos investiram algo, seja dinheiro, envolvimento ou a mera utilização do tempo. Todos lhe emprestaram emoção. O que ninguém esperava era o triste desfecho que a noite iria ter para tantas pessoas e famílias.
Tal como as cartas apostadas em cima da mesa, a vida de cada pessoa é uma aposta na sorte, na felicidade e no êxito. É assim que todos querem jogar. E ninguém o faz para perder. 
Nenhuma equipa entra em campo para perder, mas para investir toda a sua energia, talento e sacrifício no êxito da vitória. Ninguém quer viver para a perda, daí que cada decisão, proposta e investimento signifique uma cartada no jogo da sorte, uma tentativa de ver a felicidade e prosperidade bater-lhe à porta, qual carta de "ás" conseguida nas habilidades da jogada.
A VIDA É UM JOGO ARRICADO
A vida é um verdadeiro jogo, só que muito mais perigoso e cruel. É que se no jogo das cartas ou da bola se perde hoje, pode ganhar-se amanhã. Tudo depende da capacidade, do trabalho e do esforço de cada participante. Mas as jogadas da vida são muito mais perigosas, porque acarretam não só maiores riscos, mas consequências muito mais trágicas e duradoiras.
UNS RIEM, OUTROS CHORAM...
No mesmo espaço onde a tragédia ocorreu, e antes da trágica hora, alguns riam, outros lamentavam a sua sorte no jogo. Numa mesma hora, muitos desfrutavam da alegria trazida pela vitória futebolística, para logo a seguir chorarem a perda dos seus entes queridos. É o jogo complexo e paradoxal da existência humana...

A GRANDE REALIDADE É QUE...
A vida de um homem não depende do que ele possui ou pensa controlar. Ninguém é dono do seu destino.
Em qualquer jogo material há sempre alguém que ganha e alguém que perde. Mas tudo pode ser revertido na próxima jogada.
No jogo da vida, entretanto, semeia-se para sempre, joga-se para a eternidade. E, ou se ganha, ou se perde de vez. E dessa perda eterna não há reversão.
A Bíblia diz que cada um há de colher o que semeou. Se semeia apenas para esta vida, para si próprio, para o seu deleite e bem estar, poderá colher algum prazer nesta vida, mas nada de bom na eternidade.
Mas quem semeia para a eternidade, investindo num relacionamento íntimo com Deus, acabará colhendo um destino de eternidade com Deus. E não existe melhor e mais sábio investimento do que esse.
Jesus Cristo disse: "Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas as demais coisas vos serão acrescentadas."
É tudo uma questão de prioridades na vida.
Comentando acerca de um homem rico e próspero que contemplava o seu futuro risonho como se o mesmo dependesse das suas riquezas ou popularidade, Jesus avisou que todos os seus sonhos e projectos foram interrompidos para sempre naquela mesma noite: "Louco, esta noite te pedirão a tua alma, e o que tens preparado para quem será?"
HÁ SÓ 2 CAMINHOS...
Alguém disse que a vida é como uma moeda. Com ela se ganha, ou com ela se perde. Tudo depende daquilo que fazemos com ela.
Deus concedeu a cada ser humano uma existência física e espiritual: também oportunidades de escolha e de decisão baseadas no conhecimento do que é certo e errado, do bem e do mal. Ele sempre coloca 2 caminhos diante de nós, para que, sabia e prudentemente escolhamos o caminho certo, o caminho da vida que Deus propõe:
"Escolhe, pois, a vida, para que vivas."
A Bíblia diz que há caminhos que aos homens parecem direitos, mas os seus fins são caminhos de morte, e que aos homens está destinado viverem uma vez, vindo depois disso o juízo.
Há só uma vida.
Escolhe o caminho certo. Jesus é o próprio Caminho que nos conduz à felicidade eterna: "Eu sou o Caminho, a Verdade, e a Vida. Ninguém vem ao Pai, senão por Mim."
Não arrisques mais o teu destino eterno, arriscando a sorte na sorte, na religião, na filosofia humana, ou na matéria. Muitos vivem para a satisfação sexual, social ou material. Mas Jesus pergunta: "Que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?"
Convido-te a ires directamente ao Autor da Vida - Jesus - e buscar d'Ele, e d'Ele só o verdadeiro sentido para a tua vida, a verdadeira felicidade e propósito que só Ele te pode conceder hoje mesmo. Ele é o Autor da Vida, pelo que só Ele pode garantir a vida eterna. Experimenta a vida abundante que Ele que der dar mesmo agora, neste momento.

                                                                                                          Autor: Normando P. Fontoura

               VENHA OUVIR A PALAVRA DE DEUS!
"Conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará" - Jesus

CENTRO COMUNITÁRIO CRISTÃO
Igreja Evangélica
Centro Comercial Londres, sala AC155 (1º andar) 

Senhora da Hora
Reuniões públicas todos os Domingos às 19H00 

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

ENFRENTANDO A SOLIDÃO

Inesperadamente, aquela mulher de 55 anos atirou-se do seu 14º andar para a rua. Minutos antes de morrer, ela olhou para um homem que limpava os vidros de um edifício próximo ao dela. Saudou-o com um sorriso, ele sorriu de volta e disse-lhe olá. Assim que ele virou as costas, ela saltou.
Por cima de uma mesa bem cuidada e arrumada, ela tinha deixado uma pequena nota: "Não suporto nem mais um dia desta solidão. O meu telefone nunca toca! Nunca recebo cartas! Não tenho nenhuns amigos!"
Uma outra mulher que vivia do outro lado do corredor da entrada relatou aos repórteres: "Quem me dera ter sabido que ela se sentia tão só. Eu também me sinto assim."
Todos nós estamos rodeados de pessoas sós.

Mas, quem é que passa pela solidão e pelo desespero? 
A pessoa que vive no anonimato no meio de uma movimentada cidade. O estrangeiro. O rico, e o miserável. A divorciada, e a mãe solteira. O jovem. O executivo da empresa. O desempregado.


Ninguém é imune à solidão. Até as pessoas mais santas experimentam por vezes a solidão na sua peregrinação pela terra.
A Bíblia fala-nos de um homem assim. Chamava-se Elias. Ele é descrito como um profeta dramático e corajoso. Mandou parar a chuva, desafiou um rei cara a cara, mandou vir chuva do céu, executou centenas de falsos profetas e predisse o dia exacto em que uma seca de três anos iria parar.

Apesar de tudo isso, a Bíblia diz que Elias "era um homem como nós" (Tiago 5:17), experimentando tempos de solidão e de desespero.
Após dar quatro passos errados, Elias surge debaixo de uma árvore, possuído de um enorme desânimo (1 Reis 18:46 - 19:4). Em primeiro lugar, ele atingiu a exaustão física. Depois, ficou emocionalmente de rastos. Em terceiro lugar, falhou por não se ter voltado espiritualmente para Deus. Em quarto lugar, isolou-se socialmente.
Acabou por colapsar debaixo de uma árvore no deserto, clamando: "Já chega, Senhor! Leva a minha vida. Apetece-me morrer!"
Já alguma vez se sentiu completamente desanimado - sem ninguém para o encorajar? Alguma vez experimentou esta síndrome de Elias?
Agora veja como Deus providenciou a cada uma das necessidades de Elias no seu tempo de crise. No lado físico, Deus proporcionou-lhe alimento e descanso. Na área emocional, Deus tornou a Sua presença real a Elias, e animou-o. No campo espiritual, Deus exortou Elias a segui-l'O novamente. E no aspecto social, Deus informou Elias acerca de um enorme número de homens e mulheres com quem poderia conviver e de quem poderia receber ânimo espiritual.
Deus também quer satisfazer as suas necessidades particulares. Não tente viver pelas suas próprias forças a vida que Deus deseja para si. Isso é impossível. Só através de Cristo vivendo em nós é que conseguimos experimentar a vitória (Gálatas 2:20). A Sua presença e o Seu poder são particularmente evidentes quando duas ou três pessoas se reúnem em Seu Nome (Mateus 18:20).

Faça uso da sua solidão e desânimo para se entregar a Deus. Não fique mais tempo sentado debaixo da árvore do desespero. Cristo prometeu estar sempre connosco (Mateus 28:20). Ele quer ser o nosso melhor amigo. Você não precisa mais de se sentir só.
Junte-se ao povo de Deus (Hebreus 10:25), e deixe de tentar enfrentar sozinho as lutas diárias da vida. 
Experimente o poder de Deus na sua vida!

                                                                              Autor: Luis Palau



                VENHA OUVIR A PALAVRA DE DEUS!
"Conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará" - Jesus

CENTRO COMUNITÁRIO CRISTÃO
Igreja Evangélica
Centro Comercial Londres, sala AC155 (1º andar) 

Senhora da Hora

Reuniões públicas todos os Domingos às 19H00 




sábado, 15 de abril de 2017

A SAGA DOS DOIS BARCOS MAIS FAMOSOS DA HISTÓRIA


Completam-se 105 anos sobre a tragédia que abalou o mundo de então e que até aos dias de hoje continua produzindo sentimentos mistos em grande parte da humanidade.
Trata-se do naufrágio do navio mais famoso da História recente, o TITANIC, na noite de 14 de Abril de 1912.
Considerado como a obra prima na engenharia náutica, o orgulho naquela produção humana levou o seu responsável a levianamente afirmar quando do seu lançamento que "nem Deus o poderia afundar." 

A triste realidade é que 4 dias depois do início da sua viagem inaugural, o monumental navio embateu contra um simples icebergue, provocando o seu lento afundamento e a morte de cerca de 1.500 pessoas.

Muitos séculos antes, uma outra embarcação, desta feita construída rudimentarmente por 4 homens simples, sem grande tecnologia nem experiência, não só aguentou o impacto das colossais águas que contra ela embateram durante semanas a fio, como preservou a vida de 8 pessoas, para além dos milhares de animais que ali navegaram seguros. Trata-se obviamente da famosa ARCA DE NOÉ.
Contrastando estas 2 embarcações, suas origens, propósitos e destinos, podemos facilmente comparar a arrogância e a pretensa auto-suficiência humana com a providência divina e dependência dos Seus sempre perfeitos planos e direcções.
Apraz-me fazer aqui um pequeno exercício de comparação sobre estas 2 realidades. Desde pequeno que a saga do Titanic sempre me fascinou, mas é a história da Arca que valorizo, uma vez que a primeira simboliza a bancarrota dos projectos humanos, e a segunda, a salvação e protecção proporcionados por Deus àqueles que n'Ele confiam.
Em suma, é o contraste entre as consequências de se confiar nos homens para segurança, em oposição a entregar a nossa "viagem" aos cuidados de Deus:
1 - O TITANIC era um fabuloso projecto humano, denominado até como a "grandeza dos mares." Em contraste, a ARCA DE NOÉ foi um projecto divino, a "soberania de Deus."
2 - O TITANIC representava sem dúvida um marco, uma homenagem à grandeza humana. Jaz agora no fundo do mar.

A ARCA DE NOÉ representou um marco, um memorial à grandez divina. Repousa até hoje no monte Ararat.

3 - O TITANIC nunca alcançou o seu destino. A ARCA alcançou plenamente o propósito para que Deus a idealizou.
4 - Para o TITANIC bastou um "simples" pedaço de gelo para o destruir. Em grande contraste, a ARCA, nem o maior desastre natural da História - o Dilúvio universal - a conseguiu afundar.
5 - Apesar de ser em 1912 considerado o navio mais seguro do mundo, o TITANIC não serviu de salvação nem de protecção para ninguém. A ARCA, por seu lado, serviu plenamente para salvar e preservar o melhor da raça humana. Como alguém disse, "uma mosca estava mais segura na Arca do que um ricaço no Titanic."
6 - O TITANIC provou a incapacidade do homem de se igualar a Deus, ao tentar criar a perfeição. Um simples icebergue arruinou toda a vanglória humana. A ARCA, por seu lado, provou a capacidade de Deus em dirigir e preservar o Seu povo no meio das maiores provações.
7 - A saga do TITANIC sempre será um símbolo de tragédia, naufrágio, desespero e morte. O barco transformou-se em túmulo para muitos. A ARCA DE NOÉ é pelo contrário um símbolo da salvação e do cuidado de Deus. O barco tornou-se numa segura habitação flutuante.
8 - O TITANIC navegou com as melhores tecnologias da época. O homem estava no comando. A ARCA, pelo contrário, navegou simplesmente ao sabor da providência de Deus. Ele estava no controle.
9 - O TITANIC só deu guarida a alguns privilegiados, os ricos. A ARCA teve uma porta aberta para todos!
10 - Enquanto o TITANIC teve a sua viagem tragicamente interrompida no meio de um imenso desespero, sofrimento, angústia e morte, a ARCA repousou tranquilamente no Monte Ararat com uma tripulação salva e feliz. Enquanto o TITANIC é hoje um memorial à morte, a ARCA terminou a sua jornada com o erigir de um altar de adoração a Deus.
Sobre as cerca de 1.500 vítimas do terrível naufrágio do TITANIC, podemos aplicar as palavras da Bíblia: "Eles foram arrebatados antes do seu tempo, sobre o seu fundamento um dilúvio se derramou" (Jó 22:16).

Mas, sobre os 8 sobrevivente salvos pela ARCA, podemos dar ouvidos às promessas do Senhor Deus: "Quando passares pelas águas, Eu estarei contigo...elas não te submergirão" (Isaías 43:2).



Todos nós estamos viajando com um destino em vista. A nossa vida é realmente uma "viagem" para a eternidade.

A grande questão é simplesmente esta: Qual o barco que escolhemos para a nossa "travessia"?


                VENHA OUVIR A PALAVRA DE DEUS!
"Conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará" - Jesus

CENTRO COMUNITÁRIO CRISTÃO
Igreja Evangélica
Centro Comercial Londres, sala AC155 (1º andar) 



Senhora da Hora (Portugal)

sábado, 25 de fevereiro de 2017

TIRA ESSA MÁSCARA!

Nestes dias que estamos a atravessar, parece que a felicidade chegou, todos os problemas da vida desapareceram num ápice e há que festejar, curtir e mascarar-se o melhor que puder para iludir a realidade...
Parece até que toda a gente está pulando de alegria e prosperidade, numa euforia que pretende fazer esquecer os dramas pessoais e familiares, os crimes, a miséria física, moral e espiritual...
Enfim...de repente parece que tudo se consegue esconder atrás de uma máscara que finge iludir a realidade e a verdade...
É hora de pular e saltar. "É Carnaval, não faz mal!" - justificam os foliões a meio dos desfiles, bailaricos, aplausos, luxos, vaidades, extravagâncias...

MAS... PODEREMOS MESMO TAPAR A REALIDADE?
Será no entanto que a máscara consegue fantasiar a realidade? Talvez ela o faça em relação ao corpo ou à sua aparência física, mas nenhuma máscara, por mais perfeita e artística que possa ser, conseguirá jamais tapar a realidade do ser humano, em toda a sua fraqueza, imperfeição e podridão.

Se reflectirmos bem, atrás de cada máscara que as pessoas à nossa volta envergam há tantas vezes uma realidade tão triste, tão sofrida, tão envergonhada...
Tal como pintar um carro coberto de ferrugem ou maquilhar um cadáver nada resolve para mudar a realidade da imperfeição e da morte, assim também envergar uma máscara atrás da qual escondemos as nossas revoltas, sofrimentos e pecados só acrescenta a hipocrisia e a mentira a uma realidade já de si demasiado infeliz..

DE NADA ADIANTA TENTAR ESCONDER A REALIDADE
A tentativa de se esconder atrás de uma fachada é tão antiga como o próprio ser humano. 
Logo após a primeira transgressão cometida pelos nossos antepassados Adão e Eva, e perante a culpa que pela primeira vez experimentaram, eles tentaram esconder-se do Deus Criador, caindo em dois erros fundamentais: tentar esconder-se de Deus, ignorando que Ele tudo vê e tudo conhece, e tentar resolver por si próprios a questão da culpa - essa mancha espiritual e moral que o pecado provoca. 

"Esconderam-se Adão e sua mulher da presença do Senhor Deus, entre as árvores do jardim..." (Génesis 3:8).
"...conheceram que estavam nus; então juntaram folhas de figueira para cobrir-se" (Génesis 3:7). 
Talvez a primeira máscara da História tenham sido essas folhas de figueira que os nossos pais coseram para tentarem ocultar a realidade e o medo do castigo divino.
Mas, tal como então aconteceu, de nada adianta tentar ocultar a verdade dos olhos de um Deus que tudo conhece, tudo vê: "Ele vê tudo o que há debaixo dos céus" (Jó 28:24). "Não há criatura alguma encoberta diante d'Ele; antes, todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos d'Aquele com Quem temos de tratar" (Hebreus 4:13).
Até porque, mais tarde ou mais cedo...

A MÁSCARA CAI...
Quase todos os dias somos surpreendidos pelos media com mais alguma corrupção no âmbito económico ou moral por parte de pessoas de quem nunca se esperariam tais comportamentos. 
O homem pode até durante algum tempo aparentar grande sucesso conseguido através de esquemas ocultos fraudulentos e pecaminosos, mas mais tarde ou mais cedo a máscara que durante algum tempo o protegeu acaba por cair, e a verdade passa a ser conhecida e exposta para vergonha daquele que tão manhosamente a ocultou.
"Nada há encoberto que não haja de ser descoberto; nem oculto, que não haja de ser sabido" (Lucas 12:2).

DIANTE DE DEUS TODAS AS MÁSCARAS CAIEM POR TERRA!
Chegará o dia em que todo e qualquer disfarce cairá por terra! 
De nada adiantará a posição social ou económica, de nada adiantarão as desculpas, a pretensa moralidade, a transferência de culpa ou a auto-comiseração. 
Todo o homem terá mais tarde ou mais cedo de encarar Deus face a face, sem disfarces, sem máscaras, sem fantasias, sem árvores onde se esconder.

DEUS QUER LIBERTAR-NOS
Conhecendo o Senhor Deus o estado real de cada coração, a Sua oferta é de reconciliação, através do perdão proporcionado pelo sacrifício do Seu próprio Filho Jesus Cristo. 
É por isso mesmo que, em vez de continuares a ocultar a tua "nudez espiritual" atrás de máscaras que mais tarde ou mais cedo acabarão por cair, o convite que Jesus hoje te faz é para que tires de vez a tua máscara, te libertes do teu fingimento e da tua hipocrisia, e confesses com sinceridade toda a tua miséria diante de um Deus amoroso, compreensivo e perdoador. 



Ao pagar com a Sua própria vida no madeiro, o Senhor Jesus Cristo oferece-te agora mesmo a possibilidade de seres liberto e perdoado de todas as tuas vergonhas e pecados! "O sangue de Jesus Cristo nos purifica de todo o pecado" (1 João 1:7).

SÊ CORAJOSO!
Sê corajoso! Tira a tua máscara! Enfrenta a realidade dos teus pecados e confessa-os directamente ao Senhor Deus! Se o fizeres com sinceridade e fé nas Suas promessas, sabe que Ele te concederá o perdão total, encherá o teu coração de paz e te dará uma nova vida, uma vida que valerá a pena viver, sem máscaras nem fantasias, mas a verdadeira Vida que só Ele te pode conceder!
"Eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância" - promessa de Jesus Cristo (João 10:10).



                 VENHA OUVIR A PALAVRA DE DEUS!
"Conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará" - Jesus

CENTRO COMUNITÁRIO CRISTÃO
Igreja Evangélica
Centro Comercial Londres, sala AC155 (1º andar) 


Senhora da Hora (Portugal)